Páginas

sábado, 29 de abril de 2017

Corpo de Bombeiros realiza atendimento a pessoas atingidas por raio

Na tarde desta sexta-feira, (28), equipes do Corpo de Bombeiros atenderam duas pessoas que foram atingidas por um raio. O fato ocorreu próximo ao Espigão Costeiro, na Ponta da Areia, onde cinco pessoas estavam em uma embarcação de pequeno porte.

De acordo com informações, no momento do incidente, um deles estava com um objeto metálico na mão o que teria atraído o raio para o barco. O Corpo de Bombeiros informou que as duas pessoas ficaram feridas por conta da descarga elétrica, mas sobreviveram ao incidente.

As vítimas foram encaminhadas para o hospital com ferimento leves. A Polícia Militar também esteve presente no local e ajudou, realizando o isolamento da área.

PROJETO EXPOSEGMA 2017, EM PARCERIA COM PREFEITURA DE RAPOSA

Na última quarta-feira(26), aconteceu, na cidade de Raposa, a primeira Audiência Pública para reconhecimento dos trabalhos da Exposegma e para debater sobre o programa Pacto pela Paz no município. 

A solenidade foi realizada na Câmara de Vereadores da cidade de Raposa e reuniu representantes do estado e do município em apoio ao projeto.O objetivo da reunião foi informar a população sobre os programas e abrir um debate sobre o projeto Pacto pela Paz junto à sociedade.

ASCOM RAPOSA

URGENTE: Policial Militar é baleado durante troca de tiros na Cidade Olímpica

O caso ocorreu por volta das 6hrs deste sábado (29) na Cidade Olímpica. 

Dois indivíduos em em uma motocicleta anunciaram o assalto, a vítima, um Policial Militar, os bandidos atiraram contra o militar que reagiu atingindo um dos assaltantes, que foi a óbito. O PM estaria em uma parada de ônibus no bairro.

O policial teria sido identificado por Meirelles e seria sargento da PM, ele também foi atingido na troca de tiros, o PM foi socorrido e seu estado de saúde é considerado estável, segundo as últimas informações. O militar se encontra no Hospital do Servidor. 

O outro bandido que conseguiu fugir foi localizado após o crime e está sendo apresentado na Decop.
 
Fonte: Eduardo Ericeira

Quatro pessoas são baleadas e morrem no João Paulo durante tiroteio

Perseguição e morte agora à noite no João Paulo quando um veículo que faz parte da Ligue Táxi foi alvejado durante tiroteio com pessoas que estavam em uma Hilux, que para alguns seriam policiais. 

Quatro pessoas que estavam no táxi, suspeito de assaltos em bairros da cidade, foram mortas.
Os nomes das vítimas não foram ainda revelados. Confira nas imagens abaixo:

fotos:

sexta-feira, 28 de abril de 2017

PARCERIA ENTRE PREFEITURA DE ANAPURUS E 16º BATALHÃO IMPLANTAM PROERD



No último dia 20 de abril, a prefeita de Anapurus Professora Vanderly, juntamente com o Comandante do 16º Batalhão o Tenente Coronel Glauber Miranda Silva, assinaram o Protocolo de Intenção, para que fosse implantado naquela cidade o Programa Educacional de Resistência as Drogas - PROERD. 



O PROERD é desenvolvido nas escolas públicas e particulares, no 5º e 7º ano do Ensino Fundamental, na educação infantil (PROERD Kids) e para adultos com o Proerd para Pais, por Policiais Militares treinados e preparados para desenvolver o lúdico através de metodologia especialmente voltada para crianças, adolescentes e adultos. 

O objetivo é transmitir uma mensagem de valorização à vida, e da importância de manter-se longe das drogas e da violência. Após quatro meses de curso as crianças recebem o certificado PROERD, ocasião que prestam o compromisso de manterem-se afastados e longe das drogas e da violência. 
Em Anapurus serão beneficiados 1.236 (mil duzentos e trinta e seis) alunos de 07 (sete) escolas da rede municipal de ensino: João Castelo, José Pires Monteles, Nadir, Monteles Cruz,  Nercy Alves Monteles, Talles Ribeiro Gonçalves, Mundo Encantado, Reino do Saber. 

O Sargento Abilio Vieira será o Instrutor Proerd em Anapurus, e irá transmitir através de seus conhecimentos toda a metodologia do programa, e através da parceria Escola, Família e Comunidade, a busca de um mundo melhor para todos.



Fonte: 16º BPM/MA



Polícia Civil e Militar realiza operação na Cidade Olímpica

As Polícias Civil e Militar desencadearam uma operação na manhã desta sexta-feira (28), por volta das 6hs, onde foram cumpridos 15 Mandados de Busca e Operação no Bairro da Cidade Olímpica. 

A Operação Leste sem Trégua, visa ainda, no sentido de combater o tráfico de entorpecentes na região. Nesta ação participaram cerca de 150 policiais, onde foram conduzidos suspeitos e apreendidos celulares e uma balança de precisão.
A megaoperação realizada no Bairro da Cidade Olímpica e Vila Nestor, que contou com ações de combate ao tráfico de entorpecentes, com a participação 150 policiais trabalhando de forma integrada, entre eles, 85 policiais militares, 50 policiais civis e 15 delegados de polícia. 

Durante as incursões, cumpriu-se os 15 Mandados de Buscas e apreensão. Após as revistas nas residências foram encontrados aparelhos celulares, uma balança de precisão e outros apetrechos usados para o preparo dos entorpecentes; bem como foi feita a condução de três suspeitos para serem ouvidos nos autos de inquérito policial em trânsito.
O delegado da Seccional Leste, José Henrique Mesquita, que participou da Operação sem Trégua, ressaltou que “A Polícia Civil em conjunto com a Polícia Militar, com a participação do CPAM 2, 6º BPM, o 8º BPM e ainda o 13º BPM realizaram a segunda etapa da Operação Leste sem Trégua. 

A operação foi realizada na região da Cidade Olímpica, onde foram cumpridos 15 mandados de buscas e apreensões, em residências de pessoas supostamente ligadas ao tráfico ilícito de drogas e outros crimes relacionados. Entre eles, os roubos, homicídios, e partícipes de organização criminosa, etc.”, considerou o delegado.

Crimes pelo porte ilegal de arma de fogo

Posteriormente às ações da polícia no bairro, os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia da Cidade Olímpica, no sentido de serem ouvidos pelos delegados responsáveis pela operação. Um dos acusados fora identificado pela polícia, onde contra ele, havia dois crimes pelo porte ilegal de arma de fogo. 

O suspeito ainda está sendo investigado. Em outra residência, a polícia encontrou material característicos com o usado no tráfico de entorpecentes.

Além da seccional Leste, coordenado pelo delegado Henrique Mesquita, integraram ainda a operação, os delegados da seccional Oeste, coordenado pelo delegado Pedro Adriano Silva; da Seccional Sul, coordenado pelo delegado Paulo Artur; da seccional Norte, coordenado pelo delegado Carlos Damasceno e ainda as superintendências da SPCC, SPCI, a SEIC, SENARC, SECCOR, SHPP, Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos (DIAE) e ainda pelo Centro Tático Aéreo (CTA), com apoio terrestre e Aéreo.

Mauro Wagner – ASCOM/SSP                                                              Fotos: Nilson Figueiredo

Polícia Militar do Maranhão apreende 67 quilos de maconha no Vale do Pindaré

Na última quarta-feira (26) a Polícia Militar por meio da 7º BPMMA conseguiu apreender cerca de 67 quilos de maconha no município de Santa Luzia, região do Vale do Pindaré. Além disso foi executada a prisão de Francisco Félix Bandeira, Lanjerson Viana da Silva e Claudiana Santos Cunha, todos acusados pelo crime de tráfico de drogas.

Uma equipe da Polícia Militar, lotada na 4ª Companhia estava realizando rondas de rotina quando suspeitaram de veículo que transitava pela BR -222, já nas proximidades do município de Santa Luzia, logo foi dada voz de parada e consequentemente feita uma vistoria no veículo.

No interior do veículo foram apreendidos 67 pacotes de maconha prensada com peso equivalente de um quilo cada volume. De imediato foi dada voz de prisão ao trio, e encaminhados a delegacia de Santa Luzia.

Polícia Civil prende e apreende dupla suspeita de assaltos em Zé Doca

Na manhã desta quinta-feira (27) a Polícia Civil por meio da 8ª Delegacia Regional de Zé Doca, confirmou a prisão em flagrante delito de Lucas Benicio de Sousa e apreensão de um adolescente, ambos são suspeitos ter cometido pelo menos três assaltos naquela cidade.

Todos os crimes foram cometidos na última quarta-feira (26). Logo após ter conhecimento dos atos criminosos da dupla, equipes da Polícia Civil fizeram buscas na região onde ocorreram os crimes, visando encontrar os autores, logo conseguiram concluir a missão.

Em posse da dupla a polícia encontrou alguns aparelhos de celulares, sendo estes pertencentes as vítimas e uma arma de fogo, que de acordo com as investigações, tal arma foi utilizada nos assaltos.

Já na delegacia, Lucas Benício foi autuado por roubo majorado em concurso de pessoas e corrupção de menores, e o adolescente responderá por ato infracional análogo ao crime de roubo majorado.

Anselmo Oliveira – ASCOM/SSP

Policiais Militares do 9° BPM prendem suspeita com drogas e também um indivíduo em posse ilegal de arma de fogo

Na tarde da última quarta-feira (26) o 9°BPM por meio do Grupo de Serviço Avançado (GSA), prendeu por volta das 14:30hs, a nacional Leidiane Marinho da Silva, 21 anos. Pelo crime de tráfico de entorpecentes no Centro de São Luís.

Após denúncias anônimas que haveria uma casa na região do centro comercializando drogas, a equipe do GSA logo tomou conhecimento e de posse dessas informações se deslocaram até a rua da manga, próximo a um local conhecido popularmente como “cabaré do Oscar Frota”.

Tendo como base o local informado foi feito a abordagem na residência e logo foi encontrado todo material apreendido.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão a mesma foi conduzida e apresentada no 1º DP, onde foi autuada em flagrante delito por tráfico de drogas.

MATERIAL APREENDIDO:

-33 (trinta e três) cabeças de uma substância aparentando ser crack
-R$ 110,00 em espécie
-01 (um) relógio dourado

Prisão do GTM

Em mais uma prisão do 9º BPM por intermédio da equipe do GTM Charlie conseguiram prender em flagrante delito o nacional Vilcivan Santos Chagas, pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, na última quarta-feira (26), Na Vila Riod- Diamante.

De acordo com denúncias anônimas repassadas para a equipe do Gtm Charlie que o suspeito Vilcivan Chagas estaria de posse de uma arma de fogo no endereço citado acima a guarnição dirigiu-se ao local para a veracidade dos fatos. Após a chegada da equipe o indivíduo supracitado se encontrava no local e após revista em sua residência com a presença do mesmo foi encontrada a arma em sua posse.

Diante dos fatos o elemento foi conduzido até o Plantão das Cajazeiras sem lesões corporais para os procedimentos legais.

MATERIAL APREENDIDO:
1- (UM) REVOLVER MARCA ROSSI CALIBRE 38 NUMERAÇÃO W451746
5- (CINCO) MUNIÇÕES INTACTAS.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Reviver sem Drogas: Polícia Civil e Militar prende acusado com entorpecentes na região central de São Luís

Foto: Nilson Figueiredo
Por Mauro Wagner / Ascom – SSP
Uma operação conjunta envolvendo a Polícia Civil e a Polícia Militar envolveu cerca de 50 policiais por conta da operação “Reviver sem Drogas”, realizada nesta quinta-feira (27), na área central de São Luís. Os policiais cumpriram 06 buscas domiciliares, resultando na prisão de Israel Leite Santos. Com ele foi apreendido 5kg de maconha prensada, 200g de cocaína e 2.364 reais em dinheiro.
Foto: Nilson Figueiredo
A operação da Polícia Civil iniciada nas primeiras horas da manhã, na área do Reviver, iniciou através de investigações e monitoramento por conta da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC), e contou com o apoio da Polícia Militar.
Foto: Nilson Figueiredo
Durante a ação realizada na Rua da Palma, no Centro de São Luís, 06 casas foram revistadas, onde foi encontrado em uma delas, o acusado Israel Santos, conhecido como “Fufuxa”. A Polícia encontrou em uma de suas, 5kg de maconha prensada, 200g de cocaína, 01 balança de precisão, 05 aparelhos celulares e dinheiro no valor de 2.364 reais.
Ações de combate aos entorpecentes no Centro Histórico 
O Superintendente da Senarc, Carlos Alessandro que estava na operação Reviver sem Drogas, disse que “A operação deu-se após um serviço investigativo realizado pela Senarc em diversos pontos suspeitos de venda de drogas ilícitas. Realizamos as buscas e apreensões na manhã de hoje, culminando na prisão de Israel Santos.
O acusado além de ser suspeito de integrar uma facção criminosa, ainda está sendo investigado por conta de ter denúncias por ele ser um grande distribuidor de drogas na área central da capital maranhense. Quero salientar ainda, a participação do Vinny, o cão Farejador da Senarc, que ajudou nas buscas, no sentido de localizar os entorpecentes”, ponderou Carlos Alessandro.
Foto: Nilson Figueiredo
Após as investigações foi descoberto que Israel Santos tem passagem pelos crimes de tráfico de drogas (2015), porte de arma (2013) e ainda por lesão corporal (2012.
Após a operação, o suspeito Israel Santos foi encaminhado para a sede da Senarc, ouvido e autuado em flagrante delito, pelo crime de tráfico de entorpecentes.
A operação Reviver sem Drogas efetivada pela Senarc, contou ainda com as equipes do CPAM1, com a coordenação do Cel. Pedro Ribeiro; o Serviço de Inteligência da PM, policiais do 8º e 9º Batalhão, a Cptur e ainda a CPGD.

Polícia Militar prende homem com 3 coletes balísticos e arma de fogo em São Luís

Um homem identificado por Samuel Gonzaga dos Santos, de 31 anos, vulgo “Samuca Pai”, foi preso na noite da última terça-feira (25) no Bairro do Tibirizinho, zona rural de São Luís, acusado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e receptação. A prisão foi executada por equipes do 6ª e 21º Batalhão da Polícia Militar do Maranhão.

Após um levantamento de inteligência concluído pela equipe do Grupo de Serviço Avançado (GSA) do 21º BPMMA que tinha o intuito de identificar possíveis endereços que estavam abrigando criminosos, a Polícia Militar conseguiu chegar a um desses endereços, no Bairro do Tibirizinho, onde foi localizado Samuel, que segundo as investigações é integrante de uma quadrilha especializada em roubar residências e veículos.

Durante uma breve revista no interior da residência, a polícia localizou uma bolsa contendo 3 coletes balísticos pertencentes a uma empresa de vigilância, além de uma espingarda de fabricação artesanal. O elemento foi apresentado a delegacia do Bairro São Raimundo onde foi autuado em flagrante.

Anselmo Oliveira – ASCOM/SSP

Ação conjunta entre as polícias civil e militar resultam na prisão de 08 acusados na Vila Embratel

Foto: Nilson Figueiredo
Por Mauro Wagner / Ascom – SSP
Uma operação realizada entre a Polícia Civil e Militar no bairro da Vila Embratel, culminou na apresentação de 08 pessoas no auditório da Secretaria de Segurança Pública (SSP), responsabilizados por ações criminosas na região da Vila Embratel. O grupo é suspeito de intimidar e expulsar famílias de residências, objetivando em usar as mesmas como ponto para ações criminosas. Nesta ação da polícia, três deles foram presos na semana passada e 05 presos na madrugada desta quarta-feira (26).
A Polícia Civil realizou as investigações após monitoramento, onde foram identificados os acusados de expulsarem cerca de oito famílias de suas residências, na região do bairro da Vila Embratel. As prisões aconteceram na segunda feira, onde foram presos três acusados e na madrugada desta quarta-feira (26), sendo presos outros cinco. Eles foram identificados como Ferdinand de Jesus Garcez Almeida; Marcelo Ramos Pinheiro (Curumim); Edson Luís Sacunha (De Menor); Lucas Alberto Domingues Salgado (Diabão); Mauro Henrique Gaspar Santos; Naylson Campos de Melo, (Pililico), o Jorge Luís Silva Sousa (Perneta), Michael Amorim Azevedo (o Nem), que seria o vigilante.
Durante a coletiva realizada na SSP, o secretário de Segurança Pública Jefferson Portela informou que as forças de segurança não aceitarão de maneira alguma, que criminosos faças famílias de reféns para o cometimento de ações criminosas. Estaremos de pronto atendimento para coibir toda e qualquer ação que venha intimidar as pessoas de bem. As ações por conta da Polícia Civil iniciaram há cerca de 05 meses de investigações resultando na prisão dos oito envolvidos. As investigações deram-se por conta das investigações do delegado Paulo Arthur, responsável pela Seccional Sul”, considerou.
Prisão de criminosos por ameaças às famílias
Presente ainda na coletiva, o Superintendente da Polícia Civil da Capital (SPCC), Armando Pacheco relatou que “As investigações iniciaram assim que as vítimas nos procuraram realizando as denúncias de ameaças. Os oitos envolvidos foram identificados e presos. Dentre eles, foi identificado o Ferdinand de Jesus Garcez Almeida, o qual já tem histórico de homicida, e ainda a participação de Michael Amorim Azevedo (o Nem), que seria um vigilante. O vigilante está sendo investigado por conta de repassar informações privilegiadas aos criminosos. As investigações contra o grupo continuarão para a conclusão do inquérito policial”, enfatizou.
Foto: Nilson Figueiredo
O Comandante do CPAM3, o Cel. Simplício relatou que “As prisões acerca do grupo foram realizadas em conjunta com a Polícia Civil e Militar, sendo realizadas de maneira rápida, onde não foi preciso o uso de nenhum disparo de arma de fogo, contra os criminosos. A Polícia Militar continuará realizando ações de pronto enfrentamento, contra qualquer ação de criminosos, no sentido de intimidar as famílias da região que residem no bairro da Vila Embratel e adjacências”, pontuou.
Compuseram-se ainda a mesa de autoridades, o Delegado Geral de Polícia Civil, Lawrence Melo; o delegado da Seccional Sul, o delegado Paulo Arthur; o Superintendente da Seic, Tiago Bardal e o Ten. Cel. Edvaldo, do 1º Batalhão.

Polícia Civil desmantela duas quadrilhas envolvidas no crime de saidinhas bancárias e assaltos a estabelecimentos comerciais em São Luís

Na última terça-feira (25) a Polícia Civil por meio da Superintendência Estadual de Investigação Criminal (SEIC) conseguiu neutralizar duas quadrilhas especializadas em assaltar estabelecimentos comerciais no Bairro da Cidade Operária e cometer crimes conhecidos como “ Saidinha Bancária” na capital maranhense. O balanço da operação foi explanado durante uma coletiva de imprensa realizada na sede da Secretaria de Segurança Pública, na tarde desta quarta-feira (26).
Saidinha Bancária
Na primeira ação, equipes da Seic conseguiram desmontar um bando de criminosos acusados de praticarem o crime conhecido como “ Saidinha Bancária”. A última atuação da quadrilha foi no último dia (20), quando Rodrigo da Costa Luciano (33), Juan Pereira Amorim (27) e Márcio Moraes Serra (41) abordaram uma vítima na porta da agência bancária do Santander, no Bairro do São Cristovão e anunciaram o assalto, subtraído uma quantia de 15 mil reais.
Tendo como base as imagens de câmeras de monitoramentos nas proximidades da instituição financeira, a Polícia Civil conseguiu flagrar o momento certo em que o trio repassava o dinheiro e arma de fogo para Júlio Cesar Araújo Braga (33) conhecido como “Play Boy” apontado pela polícia como o chefe da quadrilha. Após diligências na região onde ocorreu o crime, equipes da Seic conseguiram identificar e localizar o veículo de propriedade de Júlio Cesar e posteriormente decretar sua prisão.
Já nas dependências da Seic, “ Play Boy” confessou o crime e delatou os demais integrantes da quadrilha, que logo foram presos. Pelo menos três vítimas já reconheceram o bando como autores dos atos criminosos.
Assaltantes de Churrascaria
Em outra operação, equipes da Polícia Civil subordinadas a Seic conseguiram impedir e prender André Luís Soares (21), Nerivan Pereira Ramos Filho (33) e Raimarildo Rodrigues dos Santos (21), pois o trio planejava assaltar estabelecimentos comerciais na região da Cidade Operária. Denúncias anônimas relatavam que três indivíduos abordo de duas motocicletas, estariam armados e com o objetivo de cometer delitos.
De posse dessas informações foi iniciado o trabalho de diligência no intuito de localizar os criminosos, tendo êxito ao final. Com o trio, a Polícia conseguiu apreender um revólver calibre 38. Além disso, foi constatado que Nerivan Filho e Raimarildo dos Santos, estavam usando tornozeleira eletrônica, pois ambos participaram do assalto a uma churrascaria no Bairro do Calhau em março deste ano.
Foto: Nilson Figueiredo 
Em todos os casos, os 7 criminosos foram autuados pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa, devendo ficar sob responsabilidade do Poder Judiciário.
A coletiva contou com a presença do Secretário de Segurança do Maranhão Jefferson Portela, o Delegado geral da Polícia Civil Lawrence Melo, o Superintendente da Seic Thiago Bardal e demais autoridades da pasta de segurança pública. O Secretário Jefferson Portela encerrou a coletiva afirmando que a pasta da segurança vem atacando a “ veia financeira” das organizações criminosas e assim coibir os crimes violentos contra o patrimônio, como roubos e assaltos. “ É preciso traçar estratégias para que, de maneira mais rápida, venha diminuir esses crimes. O estado não irá tolerar nenhum poder paralelo” finalizou.