Páginas

quinta-feira, 4 de novembro de 2021

POLÍCIA CIVIL PRENDE INTEGRANTE DE FACÇÃO CRIMINOSA NA CIDADE DE ARAIOSES


A Polícia Civil do Maranhão realizou na última quarta-feira (3) uma ação policial visando coibir a prática de roubos no município de Araioses e regiões circunvizinhas. A atividade policial foi desenvolvida pela Delegacia de Polícia Civil de Araioses.

Segundo o delegado Robert Freire, a ação policial teve como base um trabalho investigativo que deu origem a um mandado de prisão preventiva, cumulado com busca e apreensão, o qual foi cumprido e desaguou na prisão de um homem que é suspeito de integrar célula de perigosa facção criminosa que praticou diversos assaltos em Araioses, incluindo a zona rural.

O homem foi apresentado na sede da delegacia da cidade para ser submetido aos trâmites legais, posteriormente recambiado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da justiça.

POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA OPERAÇÃO POLICIAL NO BAIRRO BEQUIMÃO, EM SÃO LUÍS/MA, E PRENDE EM FLAGRANTE 7 PESSOAS PELA PRÁTICA DOS CRIMES DE TRÁFICO E ASSOCIAÇÃO PARA O TRÁFICO DE DROGAS.


A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por intermédio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico - SENARC, desencadeou na tarde desta Quarta-feira (03/11/2021) uma operação policial que resultou na prisão em flagrante de 7 pessoas

Após receberem denúncia anônima dando conta de que em um conjunto de quitinetes localizado no bairro Bequimão estaria acontecendo intenso tráfico de entorpecentes, equipes de Policiais da SENARC se dirigiram ao local a fim de averiguar os fatos. No local as equipes Policiais realizaram campana e constataram a veracidade do conteúdo da denúncia, observando que vários moradores do local estavam praticando a venda de entorpecentes. Diante dos fatos os Policiais realizaram uma incursão no conjunto de quitinetes, onde apreenderam grande quantidade de entorpecentes dos tipos “CRACK”, “COCAÍNA”, e “MACONHA”, além de munições para arma de fogo, balanças de precisão, dinheiro trocado, e aparelhos celulares.

As pessoas flagradas comercializando drogas foram presas em flagrante e conduzidas para a Superintendência Estadual de Combate ao Narcotráfico, onde foram autuadas pela prática dos crimes de Tráfico e Associação para o Tráfico de Drogas.

Após as formalidades legais, os autuados foram encaminhado ao Complexo Penitenciário, onde ficarão à disposição da Justiça. 

As investigações terão continuidade para que sejam apuradas todas as circunstâncias do crime.

Denúncias podem ser encaminhadas para o Whatsapp Denúncia da Superintendências Estadual de Repressão ao Narcotráfico -  (98) 99163-4899. 

É assegurado o sigilo.

POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA OPERAÇÃO DE COMBATE AO DESVIO DE VERBAS PÚBLICA E PAGAMENTO DE PROPINA DO MUNICÍPIO DE IMPERATRIZ


Na manhã da última quarta-feira(3), uma operação da Polícia Civil do Maranhão foi deflagrada no intuito de executar mandados de busca e apreensão em meio a investigação que apura a existência de uma organização criminosa na Secretaria de Planejamento da Prefeitura de Imperatriz, que seria responsável por desvios de verbas públicas e cobranças de propina.

Segundo à Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção(SECCOR), as investigações apuram suspeitas de que, mediante a participação de um ex-secretário, tenha havido a prática de rachadinha, quando servidores são obrigados a repassar parte de seus salários a terceiros, e lotação de servidores fantasmas, além de cobranças de propina junto a usuários dos serviços.

Como resultado da ação policial, os investigadores apreenderam vários aparelhos de celulares e documentos em residências de servidores municipais e do ex-secretário da SEPLU de Imperatriz. Todo o material apreendido será periciado, e as informações obtidas nele inseridas ao inquérito policial.

OPERAÇÃO HESPÉRIDES DO GAECO COM APOIO DA POLÍCIA CIVIL FECHA O CERCO CONTRA OS CRIMES DE SONEGAÇÃO FISCAL, FALSIDADE IDEOLÓGICA, PECULATO, CORRUPÇÃO PASSIVA, CONCUSSÃO E LAVAGEM DE DINHEIRO EM SÃO LUÍS E IMPERATRIZ


O Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão realiza, em conjunto com a 3ª Promotoria Regional de Defesa das Ordens Tributária e Econômica, na manhã desta quinta-feira(5) a Operação Hesperídios.

A operação foi deflagrada em São Luís e Imperatriz com o apoio da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor) visando cumprir uma decisão judicial da Central de Inquéritos e Custódia da Comarca de Imperatriz, que expediu ordem de busca e apreensão nas residências de servidores da Fazenda Estadual, envolvidos com a prática dos crimes de sonegação fiscal, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, concussão e lavagem de dinheiro. Também foram autorizados o sequestro e a indisponibilidade dos bens, assim como o afastamento dos servidores pelo prazo de 90 (noventa) dias ou até o fim das investigações.

As investigações realizadas pelo MPMA começaram após denúncias apontarem constantes e sucessivas divergências entre avaliações imobiliárias realizadas pelos cartórios e pela Fazenda Estadual, relativas ao cálculo do Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos (ITCMD). De acordo com as denúncias, as avaliações estavam muito abaixo do valor de mercado, o que estaria causando enorme prejuízo à arrecadação tributária do Estado do Maranhão.

Ficou constatado também constatado que as subavaliações eram resultado de negociações realizadas pelos servidores nas cidades de Imperatriz e São Luís. Após solicitarem vantagem indevida aos contribuintes e utilizarem o dinheiro em benefício próprio ou de terceiros, eles reduziam o valor da avaliação dos imóveis e, assim, o imposto pago era muito menor do que o realmente devido, configurando fraude ao Fisco Estadual.

RAPOSA – Com trabalho, apoio e determinação, delegado Marconi Caldas reduz criminalidade em 80% no município


No próximo dia 10 de novembro, o município de Raposa, situado na Ilha de São Luís, estará completando 27 anos de emancipação política. E neste seu aniversário, a “cidade caçula” da Região Metropolitana de São Luís ganha como presente, um acentuado percentual na redução da criminalidade, algo em torno de 80%, se comparado o ano de 2021 com 2019.

Tudo isso, graças ao labor incansável de equipe, determinado pelo delegado Marconi Caldas, titular da Delegacia Especial de Raposa, que está à frente do cargo há cinco anos. A fórmula para o incontestável quadro positivo na segurança pública é foco no trabalho em regime diuturno, somado à incansável e constante rotina do sistema policial investigativo no cotidiano raposense.

As ações preventivas e ostensivas da Polícia Militar do Maranhão sobre responsabilidade do 22° BPM, que dispõe de um destacamento no município, somadas com a atuação da Polícia Civil na questão das investigações, trabalho de campo e resposta imediata de práticas cometidas por meliantes, têm dado como resultado, a sensação de segurança para a população residente tanto na sede, quanto na zona rural de Raposa.

Assim, os números apontam brusca redução em crimes considerados antes, rotineiros, tais como tráfico de drogas, homicídios e feminicídios, bem como tentativas, além de violência doméstica, estupros e abuso sexual infantil, roubos entre outros. Para o delegado Marconi Caldas, a parceria com a comunidade e o suporte sintonizado com a 1ª Companhia do 22º BPM-MA, são fatores importantes para o sucesso do seu trabalho. “Sabemos que, garantir a segurança das pessoas, é a nossa principal missão e obrigação como servidor público, mas é importante ressaltar que somos ação e emoção, passivos de falhas e, é nesse ponto que procuramos nos aperfeiçoar e sermos vigilantes. Não aceitamos equívocos e estamos focados em assegurar tranquilidade para as pessoas, bem como dar resposta imediata e positiva, quando o caso requer”, afirmou Marconi Caldas.

Além das características e a maneira de agir relatadas acima, o  delegado Marconi enfatiza que o trabalho abrangente feito por sua equipe é a mais importante das ferramentas para que esse resultado positivo. Vale destacar que mesmo não sendo rotulada como ‘Plantão’, após Marconi Caldas ter assumido a titularidade da Delegacia Especial de Raposa, em períodos festivos como Carnaval e Dia de São Pedro (Padroeiro da Cidade), onde a movimentação popular  em Raposa  cresce consideravelmente, sua equipe de trabalho, formada por quatro agentes policiais e um servidor administrativo, realizam ações plantonistas em regime de revezamento.

“Segurança Pública é como se fosse uma águia com suas duas asas, onde com apenas uma asa não pode voar e nesse caso se trata da Polícia Militar e Polícia Civil. E não podemos esquecer de citar a comunidade que tem um papel importante com o Sistema de Segurança, é como vemos no artigo 144 da constituição é dever do Estado é direito e responsabilidade de todos, então a sociedade também é responsável. 
A Segurança Pública é muito mais ampla do que só uma questão de POLÍCIA, SAÚDE, EDUCAÇÃO, INFRAESTRUTURA é um conjunto de benefícios, que juntos somam trazendo para a sociedade o bem mais precioso a PAZ SOCIAL”. Afirma o Delegado Marconi Caldas.
As Operações são realizadas com toda cautela e em alguns casos são feitas de forma conjunta com o apoio da Polícia Militar. A política de Segurança da gestão do Governador, Flávio Dino junto ao Secretário de Segurança, Jefferson Portela desde então vem sendo exercida, pois a segurança pública é uma única fonte, em que todos buscam o mesmo objetivo, a paz social, e nesse contexto cada policial age de acordo com sua atribuição constitucional sempre visando a melhoria para toda a sociedade. 
 

Por fim, Marconi Caldas destacou o apoio recebido pelo prefeito Eudes Barros que, não tem medido esforços para contribuir incondicionalmente com a segurança pública de Raposa. “O prefeito Eudes conhece muito bem a cidade e por isso, está sempre disposto a unir forças conosco para que Raposa seja, como a gente quer, uma cidade melhor para todos”.

segunda-feira, 25 de outubro de 2021

EM BREJO, POLÍCIA CIVIL PRENDE MULHER EM FLAGRANTE POR TENTAR ENTREGAR SANDUÍCHES RECHEADOS COM DROGAS EM PRISÃO


A Polícia Civil do Maranhão , na tarde desta segunda-feira (25) , prendeu em flagrante uma mulher pelo crime de tráfico de drogas e corrupção de menores na cidade de Brejo . Segundo a Delegacia de Polícia Civil do município, contra a autuada pesa a suspeita de ser integrante de uma facção criminosa.

Ainda de acordo com a Polícia Civil , nesta segunda-feira(25), a mulher usando os serviços de uma adolescente tentou entregar sanduíches contendo drogas ao seu marido que se encontra preso. Essa seria a quinta vez em que a mulher tenta de alguma forma burlar a segurança para inserir entorpecentes na prisão.

Após a conclusão dos procedimentos prestados na delegacia da cidade , a conduzida foi transferida para a Penitenciária de Chapadinha

 

POLÍCIA CIVIL PRENDE EM FLAGRANTE MATADOR DE ALUGUEL NA CIDADE VITÓRIA DO MEARIM


Um homem foi preso em flagrante da última sexta-feira(22), pela Polícia Civil do Maranhão com apoio da Polícia Militar pela prática de um crime de homicídio. O crime teria ocorrido na cidade de Viana e a prisão executada horas depois no município e Vitória do Mearim.

De acordo com a 6ª Delegacia Regional de Viana, o crime a princípio teria sido encomendado, sendo vítima morta por disparo de arma de fogo. Dados preliminares também apontam que o preso é considerado de alta periculosidade, investigado pela prática de diversos homicídios na região da Baixada Maranhense.

Na oportunidade da prisão, a Polícia Civil ainda cumpriu mais 5 mandados de preventivas contra o mesmo indivíduo. Após ser submetido as processos exigidos na delegacia, o preso foi levado à unidade prisional da região.